Sequência de fotos mostra reação de lutadora de MMA contra homem suspeito de importunação sexual em praia no RJ

Suspeito de abuso sexual é surpreendido por reação de lutadora de MMA em Cabo Frio, no RJ — Foto: Suellen Alva/arquivo pessoal

“Eu não sei o que ia acontecer, se a Joice não tivesse nos protegido”, diz fotografa que registrou a cena. O caso aconteceu na Praia das Dunas, em Cabo Frio.

Uma sequência de fotos inéditas mostra a reação da lutadora de MMA (artes marciais mistas), Joice Vieira, contra um homem suspeito de importunação sexual em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio.


Homem conseguiu fugir após confronto com lutadora de MMA em Cabo Frio, no RJ — Foto: Suellen Alva/ Arquivo Pessoal

Homem conseguiu fugir após confronto com lutadora de MMA em Cabo Frio, no RJ — Foto: Suellen Alva/ Arquivo Pessoal

Homem conseguiu fugir após confronto com lutadora de MMA em Cabo Frio, no RJ — Foto: Suellen Alva/ Arquivo Pessoal

O caso aconteceu na Praia das Dunas na segunda-feira (8), quando Joice realizava um ensaio fotográfico, ao lado de Suellen Alva, que registrou a sequência das imagens.

    “Eu não sei o que ia acontecer, se a Joice não tivesse nos protegido”, contou Suellen ao G1.

A fotógrafa disse que estava distraída vendo o resultado das fotos, com Joice ao seu lado, quando elas se depararam com o homem se masturbando.

    “Quando eu olhei, o homem estava bem próximo da gente, a menos de 2 metros, se masturbando e fazendo gestos e gemidos. Ele estava fazendo isso friamente. Eu fiquei pasma, a Joice falou pra ele guardar e ele disse ‘Não gostou não? Vem cá que eu vou te mostrar mais'”, contou Suellen.

Suellen revelou que o homem foi tentando se aproximar mais, não se intimidou.

    “Ou ele ia ejacular na gente ou ia nos tocar”, afirmou.

 
Homem conseguiu fugir após confronto com lutadora de MMA em Cabo Frio, no RJ — Foto: Suellen Alva/ Arquivo Pessoal

Joice explicou ao G1 que quando viu ele se aproximando, nem pensou direito, só reagiu. O confronto entre ela e o homem foi separado por adolescentes que estavam no local.

As vítimas informaram que o homem conseguiu fugir e Joice tentou ir atrás dele e chamar a polícia, mas não conseguiu detê-lo.

    “Até agora, vem a cena na minha cabeça da situação do que ele tava fazendo. Eu não tenho um sentimento para explicar, é surreal isso, é fora da realidade. São muitos sentimentos juntos, é coisa de desprezo, nojo, raiva”, desabafou Joice.

As vítimas contam que saíram da praia e foram direto para a Delegacia da Mulher em Cabo Frio (Deam), onde o caso foi registrado como importunação sexual.

A polícia informou que diligências estão sendo realizadas em buscas do suspeito.

O G1 tenta localizar o homem para ouvir sua defesa. O perfil dele foi apagado da rede social após o ocorrido.


 

Campanha de assinaturas solidárias da Black Brasil. Veja como apoiar

 
Black Brasil © 2006 - Mostrando o que a grande mídia não vê - Whatsapp (71) 99249-7473 -