Justiça abre mão de fiança e manda soltar empresário que espancou mulher

 
Um empresário foi flagrado por câmeras de segurança agredindo a mulher no interior do Tocantins na última sexta-feira (17). Em menos de 24h após ter sido preso, a justiça determinou que o empresário fosse solto, descartou a fiança e permitiu que ele responda em liberdade.

Segundo a Polícia Civil, o empresário assumiu as agressões. O delegado responsável pelo caso determinou uma fiança de R$ 50 mil, mas o juiz que pegou o caso descartou a fiança. O casal é dono do restaurante de um hotel, onde as agressões ocorreram.

http://www.primaveranoticias.com/2017/09/a-vida-boa-da-carmelita-acabou-quando.html
Nas imagens é possível ver claramente o homem atacando a mulher, lançando seu aparelho celular ao chão, sendo puxada pelo cabelo, dentre outras agressões. Na decisão favorável à liberdade do empresário, o juiz afirmou que não encontrou elementos suficientes para converter a prisão preventiva em flagrante em preventiva.

“Ao meu sentir, no presente momento, não encontro elementos para conversão da prisão em flagrante em preventiva. É de se ver que as medidas cautelares diversas da prisão atualmente são suficientes a garantir a aplicação da lei penal, da instrução criminal e a garantia da ordem pública e econômica”.

Ao suspeito, o juiz determinou que compareça ao atos processuais, não mude de endereço nem se afaste do estado por mais de cinco dias sem consultar a justiça. Ele deverá manter distância de 200 metros da mulher e não manter contato com os parentes da vítima.

Campanha de assinaturas solidárias da Black Brasil. Veja como apoiar

 
Black Brasil © 2006 - Mostrando o que a grande mídia não vê - Whatsapp (71) 99249-7473 -